.Entre Hemisférios

Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Sudoku ajuda a manter o cérebro mais jovem

Segundo um estudo, as palavras cruzadas e outros exercícios que estimulam a actividade mental, como o jogo Sudoku, para além de melhorarem a memória, ajudam a manter o cérebro mais jovem.

De acordo com uma tese defendida pelo professor Ian Robertson, durante o Festival da Ciência da Grã-Bretanha, este tipo de exercício estimula a actividade mental, melhora a memória e ajuda a manter o cérebro mais jovem. Isto porque, de acordo com o professor, a memória é a primeira parte do cérebro a falhar com o avanço da idade.
Como foi noticiado pelo jornal inglês The Times, Ian Robertson citou um estudo que envolveu cerca de três mil pessoas, com idades compreendidas entre os 65 e os 90 anos, que tinham por hábito distraírem-se com jogos de computador, estratégias de memorização e resolução de problemas. Este grupo comparado com outro que não realizavam nenhum destes exercícios revelou uma actividade cerebral equiparada a pessoas com menos 14 anos.
Fergus Craik, da Universidade de Toronto, corrobora esta opinião, afirmando que os idosos podem activar os lóbulos frontais através de exercícios sistemáticos destinados a aumentar a capacidade de processamento mental da memória. No entanto, ambos estão de acordo que, no caso das pessoas idosas, é igualmente essencial o exercício físico e uma boa dieta, baseada em alimentos ricos.
Estudos comprovam que, exercícios como o Sudoku são bons para manter a calma e combater o stress, mas tambem para prevenir doenças como a de Alzheimer.
O Sudoku [«su» significa número; «doku» singular] está, sem dúvida, a revelar-se um verdadeiro fenómeno a nível mundial. Para além de não ser preciso ser-se um especialista em números ou um génio em palavras cruzadas, basta apenas alguma paciência e mais ou menos tempo, conforme o grau de dificuldade. E depois, sem repetir os algarismos de 1 a 9, preencher todas as casas na horizontal e na vertical. 
Embora tenha sido criado pelo matemático suíço, Leonhard Euler, no século XVIII, foi no ano passado que Wayne Gould, um neozelandês a viver em Hong Kong, após sete anos de trabalho, resolveu apresentar a jornais ingleses um programa informático que criava diferentes problemas de Sudoku. Oito meses depois, o londrino The Times, aceitou a proposta e iniciou a publicação dos puzzles na sua página de jogos. Tendo em conta a forte adesão, rapidamente outros jornais ingleses abraçaram o fenómeno. A bola de neve continuou a aumentar e, actualmente, os problemas de Sudoku estão pela Europa Ocidental, Portugal inclusive. Agora, parece haver razões científicas para comprar jornais todos os dias. Também os livros estão nos lugares cimeiros dos tops de vendas e, na internet, o fenómeno aumenta a cada dia que passa. Em tempos de stress e vida acelerada, o mundo dos puzzles foi definitivamente abalado por esta variação escrita do cubo de Rubik.
                

 

Categorias:
publicado por projectomec às 00:26
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
22

24
25

31


.posts recentes

. Terrores Nocturnos

. Bruxismo

. Sonambulismo

. Videos: Paralisia do Sono

. Paralisia do Sono

. Parassónias

. Sabias que nos esquecemos...

. Inquérito/Resultados - Há...

. Jogo - Color Match

. Sabes porque somos incapa...

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.Categorias

. a mente

. curiosidades

. ilusões de óptica

. jogos

. morfologia cerebral

. notícias

. o sono

. testa o teu cérebro!

. todas as tags

.links

online
blogs SAPO